2019-05-17

O novo romance de Donald Ray Pollock

Escritor americano estreia-se na Sextante com Banquete no Paraíso

Partilhar:

A 23 de maio chega às livrarias Banquete no Paraíso, o mais recente livro do premiado autor americano Donald Ray Pollock, que assim se estreia na Sextante Editora.

Sob a égide de Cormac McCarthy e Flannery O’Connor, e do cinema de Quentin Tarantino ou dos irmãos Cohen, Banquete no Paraíso apresenta-nos um western anacrónico em tempos de depressão económica. Nos idos de 1917, na fronteira que separa a Geórgia do Alabama, os três irmãos Jewett decidem abandonar a sua vida de pobreza e subordinação e seguir a via do crime: fazem planos de assaltar um banco, e o seu périplo, que se cruza com a família Fiddler e uma variedade de outras personagens com vidas surpreendentes, transforma-se numa história brutal repleta de violência, luxúria e humor escatológico. Sob o pano de fundo da modernidade, do progresso e da tecnologia de guerra, Pollock oferece-nos uma sucessão de narrativas que se fundem em ritmo acelerado, onde mistura a tragédia e o humor e se revela como um dos mais talentosos observadores contemporâneos da condição humana.

«Banquete no Paraíso é brilhante e inesquecível. Com a sua marca, mistura de humor e tragédia, Donald Ray Pollock faz-nos olhar os recantos mais escuros da vida, sem nunca esquecer que ela tem também um lado luminoso.»
Philipp Meyer

«Banquete no Paraíso é uma balada gótica feroz acerca de gente desesperada com sonhos improváveis e meios escassos. É uma poderosa e quimérica, fria e violenta tragédia… mas imensamente divertida.»
Daniel Woodrell

O AUTOR

Donald Ray Pollock nasceu em 1954, em Knockemstiff, Ohio. Trinta e dois anos da sua vida profissional, passou-os como operário de uma fábrica de papel, tendo voltado aos estudos na universidade estadual do Ohio. Estreou-se na escrita com o livro de contos Knockemstiff, que foi galardoado com o Prémio PEN/Robert W. Bingham. O seu romance Sempre o Diabo foi considerado um dos 10 melhores livros de 2011 pela Publishers Weekly e foi premiado em França com o Grande Prémio da Literatura Policial e com o Prémio Mistério da Crítica.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK