Os Três Mosqueteiros

avaliação dos leitores (7 comentários)
(7 comentários)
Formatos disponíveis
18,80€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
18,80€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Envio até 5 dias úteis
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Estamos na França do século XVII, na fase final do reinado de Luís XIII, da governação de Richelieu e do conflito com a Inglaterra. Um jovem gascão, d’Artagnan, chega a Paris e trava amizade com três mosqueteiros do rei: Athos, Porthos e Aramis.

As aventuras sucedem-se e desfilam notáveis personagens: a rainha Ana ameaçada, a doce e fiel Constance, Milady, a encarnação da maldade, o devoto criado Planchet, o oportunista Bonacieux, e Rochefort, o espadachim do cardeal. A intriga política embacia os acontecimentos, intromete-se nos amores, obriga a compromissos.

Pairando sobre a coragem e a valentia de uns e a vileza e a astúcia de outros, está sempre a amizade entre d’Artagnan e os três mosqueteiros, que Alexandre Dumas preza acima de tudo: «Todos por um, um por todos!
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Um livro excepcional
Rui P. | 2020-12-15
Um clássico. Numa edição de luxo! Um e-book muito bem elaborado. O detalhe das ilustrações ajuda muito a leitura. Recomendo até porque é uma obra de todos julgamos conhecer mas que poucos lemos.
Muito bom!
Luciana Rodrigues | 2019-09-04
Adorei!

DETALHES DO PRODUTO

Os Três Mosqueteiros
ISBN: 978-989-676-211-7
Edição/reimpressão: 05-2018
Editor: Sextante Editora (chancela)
Código: 07256
Idioma: Português
Dimensões: 142 x 222 x 52 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 776
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Alexandre Dumas foi um romancista e dramaturgo francês, autor dos livros Os Três Mosqueteiros e O Conde de Monte Cristo, clássicos do romance de capa e espada de grande aceitação popular.
Alexandre Davy de la Pailleterie Dumas, conhecido como Alexandre Dumas, nasceu em Villers-Cotterêts, Aisne, França, no dia 24 de julho de 1802.
Em 1818, passando por dificuldades financeiras, trabalhou num cartório da cidade. Conheceu Adolphe von Leuven, nobre sueco refugiado em França. Em 1821, junto com o amigo Leuven, escreveu a peça O Major de Strasburgo.
Em 1823, foi morar em Paris. Em busca de emprego foi recebido pelo General Foy, amigo de seu pai, que ao ver a sua bela caligrafia concluiu que Dumas poderia secretariar o Duque de Orléans, futuro rei Luís Filipe. O emprego garantiu-lhe o sustento e abriu-lhe o caminho para a Comédie Française.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK