O cacto e a rosa

O cacto e a rosa

ISBN: 978-989-8093-66-0
Edição/reimpressão: 04-2010
Editor: Sextante Editora (chancela)
Código: 07010
ver detalhes do produto
6,65€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
6,65€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK

SINOPSE

São vinte e dois contos. Entre o cacto e a rosa da vida. Entre os grãos de areia da ampulheta do acontecer e do sentir. O tempo e o infinito. Deus e o mistério. A realida-de da ficção e a ficção da realidade. A busca e a inquietude. A memória e a poeira. O silêncio e a luz A candura e a ilusão. O humor e a liberdade. O ser que há para além do estar. O começar sempre.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O cacto e a rosa
ISBN: 978-989-8093-66-0
Edição/reimpressão: 04-2010
Editor: Sextante Editora (chancela)
Código: 07010
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 196 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 152
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Contos
António Bagão Félix nasceu em Ílhavo em 1948. Economista, é atualmente Professor Catedrático convidado na Universidade Lusíada. Ministro e Secretário de Estado em vários governos do Portugal democrático nas áreas das Finanças, da Segurança Social, do Trabalho e do Emprego. Desempenhou também múltiplos cargos em instituições, tendo sido, nomeadamente, vice-governador do Banco de Portugal, administrador nas áreas da banca e dos seguros, Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz e membro de órgãos sociais de várias instituições de solidariedade social. Tem publicados muitos trabalhos e reflexões de âmbito técnico, profissional e religioso e é também autor de Do lado de cá, ao deus-dará, editado em 2002 pela editora Sopa de Letras.
Pela Sextante Editora publicou O Cacto e a Rosa (2010) e Trinta Árvores (2016).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK